Patas na Mídia

O prefeito João Dória sancionou a lei 355/2017, do vereador Rinaldi Digilio, que propôs a liberação da entrada de animais domésticos em hospitais públicos municipais da cidade. Além do cachorro, a passagem passa a ser livre para gatos e pássaros.

Para a visita, a nova lei exige que os animais estejam com a vacinação em dia e higienizados com laudo veterinário atestando a boa condição do animal. A comissão de infectologia de cada hospital será a responsável por autorizar a entrada dos animais, que deverão estar em recipiente ou caixa adequada. No caso de cães e gatos, devem estar em guias presas por coleiras e, se necessário, de enforcador e focinheiras.

A nova lei ainda diz que os hospitais criarão normas e procedimentos próprios para organizar o tempo e o local de permanência dos animais para a visitação dos pacientes internados. Além disso, a presença do animal se dará mediante a solicitação e autorização do médico responsável pelo paciente, com a visita agendada previamente na administração do hospital, respeitando a solicitação do médico e critérios estabelecidos por cada instituição.

Apesar da lei abranger hospitais municipais, o particular Albert Einstein já permite a visita de animais de estimação a pacientes internados. A permissão ocorre desde 2009 e visa a recuperação física e o bem-estar mental.
Estudos mostram que há benefícios psicossociais do contato com animais.

A Secretaria Municipal de Saúde tem firmada uma parceria com a ONG Patas Therapeutas, que atua no Hospital Menino Jesus.

Link original.

Sem Comentários

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.

Enviando ...

Assine nossa newsletter

Fique por dentro das novidades da Patas Therapeutas.